20-10-2019

Palma

  • Esta semana chega-nos do país vizinho a notícia de que a cidade de Palma irá proibir, a partir de julho, o aluguer de casas a turistas em zonas residenciais. É a primeira vez que uma lei deste tipo é aprovada em Espanha e, alegadamente, irá proteger aluguer de longa duração. O valor das rendas terá aumentado, nos últimos anos, 40%. Ainda assim, é uma decisão que está longe de ser consensual, com o pequeno comércio a adivinhar dificuldades, uma vez que este tipo de aluguer trazia rendimentos importantes a muitas famílias.

    Dos Estados Unidos chega-nos a notíciado que já começa a ser uma tendência e que vem na lógica do “se não os consegues vencer, junta-te a eles”. A cadeia hoteleira Choice Hotels associou-se à RedAwning.com, uma plataforma de aluguer de casas de férias que tem mais de 100.000 propriedades à disposição, com o objetivo de dar mais visibilidade à sua oferta de alojamento. A ideia é ir de encontro ao que os clientes querem, diversificando a oferta, tal como já outras cadeias fizeram, nomeadamente a Marriott International.

    Em Paris, que é o primeiro mercado mundial do Airbnb, é notíciaque a justiça irá convocar aquela plataforma por esta não ter eliminado os anúncios de proprietários que não declararam os seus alojamentos às autoridades locais. O mesmo para a plataforma Wimdu. Desde dezembro que é obrigatório fazer esse registo, devendo figurar nos anúncios o número desse registo. Segundo as autoridades locais, 84% dos anúncios não cumprem essa norma. Seguem-se os tribunais.

    Terminamos com um artigoque nos deixou com vontade de viajar para as ilhas britânicas. O Telegraph fez a seleção dos 11 melhores alojamentos situados em locais remotos da região. Pena é que o tempo por lá não seja sempre como nas fotos...