19-05-2019

Legislação AL

  •  

    sábado

    • São reveladosos números de um estudo sobre o mapeamento do Alojamento Local, elaborado pelo movimento “O Porto não se Vende”, que faz uma radiografia ao Alojamento Local no Porto e onde fica a saber-se, entre outras coisas, que há 6.198 registos, 70% no centro histórico, e que só uma empresa tem 70 registos;
    • No Diário Notícias é publicada uma entrevistaa Eduardo Miranda, presidente da ALEP, onde faz a previsão de que o “Alojamento Local vai ser o maior mercado turístico em 2020”;

     

    domingo

    • Ainda a propósito das alterações à lei relativas ao Alojamento Local, o ECO noticiao recuo do PS em relação ao limite de alojamentos locais por proprietário;
    • A RTP avançaque há uma corrida aos novos registos de Alojamento Local, antes da entrada em vigor da nova lei;


    2ª feira

    • Na TVI 24, ainda sobre as novas regras do Alojamento Local, uma conversa com uma advogada que visa explicar o “ponto de situação” em matéria legal;
    • A Sábado lança um trabalho que visa esclarecer as novas regras do Alojamento Local;


    5ª feira

    • No Público uma reportagem sobre uma “superhost” do Alojamento Local no Porto;.


    6ª feira

    • O Dinheiro Vivo dá conta de uma tendência recente: dar uma utilização dupla aos imóveis: durante o ano letivo arrendam-se a estudantes e no verão ficam disponíveis para Alojamento Local.
  •  

    2ª feira

    • O jornal Público divulgaresultados de um estudo feito pela Associação Turismo de Lisboa, sobre a perceção do impacto do turismo na capital. Nele pode ler-se que 79% dos inquiridos residentes em zonas históricas, onde o Alojamento Local tem proliferado, consideram o turismo benéfico para a cidade;
    • Reportagemsobre a recentemente inaugurada casa barco do Porto, que irá estar disponível para Alojamento Local;

     

    3ª feira

    • O Expresso detalhaas propostas aprovadas no Parlamento sobre o novo regime do Alojamento Local: as quotas, os seguros, os condomínios...
    • É notíciaque o Alojamento Local em Reguengos de Monsaraz quase duplicou em ano e meio, permitindo agora ao concelho aumentar a capacidade para alojar turistas;
    • No Parlamento, na especialidade, é aprovada a proposta do PSD de aumento das multas para Alojamento Local ilegal;
    • Em reação às propostas aprovadas na Assembleia da República, a Associação Lisbonense de Proprietários critica as mudanças e prevê que a oposição dos condóminos vai acabar em tribunal;
    • A OLX divulga que desde o início do ano já 161.942 portugueses procuraram casas de férias naquela plataforma e detalham os números das pesquisas;


    4ª feira

    • É notíciaa reação das associações de Alojamento Local às alterações à lei: “retrocesso inexplicável” e “impacto muito negativo”;


    5ª feira

    • É a vez da Associação dos Profissionais de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP) se mostrar preocupada com as “consequências graves” que as alterações à lei irão provocar nos sectores imobiliário e de turismo;
    • No Dinheiro Vivo é divulgada a posiçãode duas Presidentes de Junta, de Lisboa, que se mostram favoráveis às alterações à lei;


    6ª feira

    • Surge a notíciade que a Comissão Europeia poderá ter de se pronunciar sobre as quotas para Alojamento Local, conforme é defendido pelas associações do sector;
    • Mais críticasàs alterações à lei, desta vez dos profissionais do sector.
  •  

    2ª feira

    • É notíciaas ações de fiscalização a empreendimentos turísticos e Alojamento Local feita pela ASAE;

     

    4ª feira

    • Para quem ainda não tem presente o que mudou, o Diário de Notícias faz o resumodas principais alterações trazidas pela nova lei do Alojamento Local;
    • O ECO explicaque a nova lei entra em vigor em outubro deste ano para as novas unidades, mas as já existentes têm dois anos para se adaptarem às novas regras;
    • Em jeito de contagem decrescente, o Expresso diz que “Restam 60 dias para abrir alojamentos locais em Alfama, Mouraria e Castelo” numa alusão à decisão da Câmara de Lisboa de suspender novos registos naqueles bairros;


    5ª feira

    • As fiscalizações da ASAE são novamente notícia, desta vez para dizer que, em dois anos e meio, ASAE encerrou apenas 10 unidades de Alojamento Local;
    • Artigo curioso sobre o Swimmy, o “Aibnb das piscinas”;
    • A Câmara do Porto divulga que vai lançar em setembro um simplex para o Alojamento Local, passando a ser possível fazer em simultâneo o licenciamento zero e o registo da taxa turística;


    6ª feira

  •  

    sábado

     

    domingo

    • O presidente da Câmara Municipal de Lisboa mostra-se muito crítico em relação às alterações no regime jurídico do Alojamento Local;
    • Noticia o DN que Portugal é líder europeu no emprego em plataformas como Uber e Airbnb;
    • O Jornal Económico, num artigo breve, explica como usar a habitação para Alojamento Local;


    2ª feira

    • Artigode opinião no Expresso Online muito crítico em relação às novas regras: “Não matem o alojamento local”;
    • No Público, com o título “Elas deram a volta à vida por causa do alojamento local”, testemunhos na primeira pessoa e no feminino de quem depende do Alojamento Local e está preocupada com a nova legislação do sector;
    • Artigosobre o Alojamento Local no “bairro do Siza”, no Porto;


    3ª feira

    • É notíciano Expresso que o Alojamento Local em Lisboa disparou mais de 3000% desde 2010;


    4ª feira


    6ª feira

    • No jornal I faz o balanço dos 16 anos do Alqueva, referindo que o Alojamento Local tem sido a principal aposta turística da região.
  •  

    sábado

    • O ECO traça um perfil do Alojamento Local em Portugal, com especial incidência sobre a evolução dos últimos anos;
    • Reportagem na RTP sobre a revitalização do centro da cidade de Coimbra, onde é referido o papel fundamental desempenhado pelo Alojamento Local;

     

    domingo

    • O Diário de Notícias volta a abordar um tema que já foi notícia a semana passada: “Num mês abriram 1100 novos alojamentos locais”, sendo esse número associado à perspetiva de vir a haver uma limitação de licenças em determinadas zonas, pela aplicação da nova lei, a entrar em vigor em 21 de outubro;
    • Ficou a saber-se que os desalojados de Monchique irão ficar alojados provisoriamente em unidades de Alojamento Local, através do programa do Governo “Porta de Entrada”;


    4ª feira

    • O idealista explica num artigo dirigido a quem gere alojamentos locais, como e a quem passar fatura;


    6ª feira

    • O Jornal i citaum artigo da revista alemão “Der Spiegel” onde se fala, numa perspetiva negativa, do impacto que o turismo tem provocado na cidade do Porto.
  •  

    sábado

    • Com o título “Fomos ricos. E não aprendemos nada com isso”, artigo de opinião que aborda a nova legislação sobre o Alojamento Local;
    • Semana em que muito se falou da polémica com Ricardo Robles, o Observador mostra o anúncioda imobiliária, onde o prédio do antigo vereador era dado como uma boa oportunidade para Alojamento Local;

     

    domingo

    • Artigo de opinião no ECO sobre o “caso Robles” com o título “Somos todos Ricardo, Robles”;


    2ª feira

    • Reportagem, no Diário de Notícias, sobre o Alojamento Local na Nazaré;


    3ª feira

    • É notíciano Expresso que o Alojamento Local em Lisboa disparou mais de 3000% desde 2010;


    4ª feira

    • Num estudo do Instituto Português de Administração e Marketing é referido que o Alojamento Local tem vindo a ganhar terreno em relação aos hotéis;
    • Marcelo Rebelo de Sousa veta lei que dá direito de preferência aos inquilinos na venda dos imóveis, referindo que “[o diploma] convida os proprietários de imóveis, designadamente os não constituídos em propriedade horizontal, a querer tê-los sem inquilinos, ou só com alojamento local, para os poderem vender mais facilmente”. A Esquerda admite ajustes na lei;


    6ª feira

    • É promulgado pelo Presidente da República o novo diploma que regula o Alojamento Local, ainda que com avisos;
    • São notícia na RTP as críticas dos portugueses que dependem do Alojamento Local em relação à instabilidade da nova legislação;
    • A Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP) aponta os “inúmeros erros” do regulamento promulgado pelo Presidente da República;
    • São divulgados, pelo Instituto Nacional de Estatística, os números de 2017 relativos ao turismo em Portugal, onde é referido que o Alojamento Local gerou oito milhões de dormidas, correspondendo a um crescimento de 29% face ao ano anterior.
  •  

    sábado

    • O Jornal i citaestudo da Deloitte que aborda o reforço da oferta de alojamentos turísticos em Portugal este ano, detalhando os números para o Alojamento Local. É também abordado neste estudo a crescente fobia ao turismo;
    • “Alojamento Local recebeu 13 milhões de turistas em 2017” é o título de uma reportagem do Diário de Notícias, onde é referido que esse número representa um terço do total de visitantes estrangeiros a Portugal;

     

    domingo

    • A propósito da promulgação do diploma sobre Alojamento Local, Marcelo Rebelo de Sousa deixa o aviso sobre a questionável qualidade das leis que lhe chegam do Parlamento;


    3ª feira

    • Noticia o ECO que, desde 2016, o Airbnb já recolheu 9,1 milhões de euros em taxa turística que foram entregues aos municípios correspondentes;


    6ª feira

    • É notícia no Jornal de Notícias que Madrid está a apertar o cerco ao Alojamento Local, estabelecendo limites e apertando na fiscalização.
  • Não, não são os gestores e proprietários de Alojamento Local que estão paranoicos. E também não é nenhuma teoria da conspiração, mas algo profundo e de bastidores está a “escorrer” pelas paredes do setor do turismo em Alojamento Local, sem aparentemente se perceber de onde vem a “humidade” e os fungos associados! 

    Mas basta estar mais atento e aos poucos se percebe. 


    Claramente que a “humidade” não vem dos micro empresários do AL, legais, que pagam os seus impostos. Esses querem só que os deixem trabalhar, pagando os impostos justos sobre o que ganham. E aos gestores de AL, já chega a normal volatilidade do mercado em que trabalham, não precisam de entraves e de areia na engrenagem a vir de onde nunca deveria vir.

    Esses micro empresários do Alojamento Local, querem que lhes seja reconhecido a ENORME contribuição para os resultados brilhantes do turismo e para as receitas do fisco e para a economia em geral. Milhares de empresários MICRO, a contribuir para resultados MACRO.

    Esses só querem assim ter os mesmos direitos e deveres que qualquer outro profissional ou empresário tem, hotelaria incluída e na adequada proporção dos investimentos e riscos.

    Esses NÃO querem ser marionetas, manipuladas por lobbies escondidos com o rabo de fora, nos corredores da política, dos partidos e muito menos nos corredores do parlamento. 

    Esses NÃO querem ser afastados POR DECRETO e impedidos POR DECRETO de exercer uma profissão legítima. 

    Esses não são estúpidos e sabem por experiência própria que trabalhar bem dá resultados e assusta muita gente!

    Esses não são cobardes, arregaçam as mangas, trabalham e pagam impostos SIM ! Cobarde é quem em total desespero, a cada 6 meses, quer mudar regras do jogo, porque não sabe ou não quer jogar limpo!

     

     António Santoszibilocal 2

     

     

     

     

  •  

    Domingo

    • O Diário de Notícias noticiaque, no Algarve, a multiplicação de casas em Alojamento Local tem provocado um aumento nos preços de limpeza, havendo já quem pague 15 e 16 euros à hora;

    2ª feira

    • Na página online da Revista Sábado, pode-se ler uma notíciasobre as casas de luxo no Chiado que são vendidas para Alojamento Local. É referido que a rentabilidade pode chegar aos 15%;


    3ª feira

    • É uma das notícias da semana sobre o sector: a proposta sobre os hostels deixarem de ser considerados Alojamento Local. O jornal online ECO destaca isso mesmo, citando a secretária de estado Ana Pinho, que foi ouvida no Parlamento, no âmbito das propostas de alteração à legislação de Alojamento Local;
    • Encontrámos uma reportagem interessante sobre a dinamização do Bairro Herculano, no Porto, onde turistas e moradores convivem de forma saudável, muito graças ao investimento feito em Alojamento Local naquela zona da cidade;
    • Notícia detalhada sobre o investimento imobiliário na Madeira, onde o Alojamento Local é referido como uma aposta com retorno garantido;


    5ª feira

    • Novamente a questão dos Hostels, mas também a questão relacionada com a transmissão automática de um proprietário para o outro dos registos e licenças de Alojamento Local, são abordados pela secretária de estado Ana Pinho, em notícia do Idealista;


    6ª feira

  •  

    sábado

    terça-feira

    • Artigoque aborda os seguros disponíveis para proprietários de alojamentos locais, tendo em conta a inexistência do seguro que a nova lei diz ser obrigatório;
    • Números divulgados pela Direção Regional de Estatística revelam, entre outros dados, que o Alojamento Local representa 13,3% do total de dormidas na Região Autónoma da Madeira;


    quarta-feira

    • O Parlamento promoveu audições prévias com 31 entidades, entre as quais a Associação de Alojamento Local de Portugal (ALEP), com vista a aprovar a Lei de Bases da Habitação até ao dia 25 de Abril;


    quinta-feira

    • Em Itália, é notíciaque a Airbnb se associou a uma organização não governamental de para criar um programa de reabilitação de uma localidade que tem vindo a ficar sem habitantes. Estão para isso à procura de voluntários que queiram lá viver por 3 meses sem custos.
  •  

    domingo

    • Um artigoque recolhe a reação das associações ligadas ao sector do Alojamento Local à suspensão de novos registos em algumas freguesias de Lisboa;

     

    2ª feira

    • Em entrevistaao Dinheiro Vivo, o presidente da Associação da Hotelaria de Portugal vem defender a certificação por parte do Alojamento Local;
    • O Jornal Económico avançaque a taxa turística em Lisboa vai render 36,5 milhões de euros;


    3ª feira

    • É anunciadoum seminário onde vão ser debatidas as alterações o Regime Jurídico de Exploração de Estabelecimentos de Alojamento Local, a ter lugar no dia 30 de Outubro, numa organização da Associação Empresarial da Região do Algarve;
    • O Jornal i refereque o Alojamento Local tem contrariado o decréscimo do número de dormidas por parte de turistas estrangeiros neste Verão, com o Airbnb a registar 1,4 milhões de hóspedes em Portugal este verão, uma subida de 18%;


    5ª feira

    • Sobre o orçamento de estado de 2019, o Expresso vem detalharo que está previsto relativamente às mais-valias dos prédios afetos ao Alojamento Local;


    6ª feira

    • Eduardo Miranda, presidente da Associação do Alojamento Local em Portugal, vem defenderque “Proibir o Alojamento Local em certas zonas de Lisboa não é a solução”;
    • A Câmara de Lisboa vem admitir mais restrições ao Alojamento Local, nomeadamente a possibilidade de distinguir o uso habitacional e o uso de turismo;
    • É notíciaque o Alojamento Local aumentou cinco vezes em apenas quatro anos.
  •  

    sábado

    • Miguel Santo Amaro, cofundador da Uniplaces, plataforma de para arrendamento de alojamento para estudantes, vem defenderque o Alojamento Local seja limitado a 60 dias por ano, para rentabilizar os imóveis;

     

    domingo

    • Em entrevista ao Dinheiro Vivo o Presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa, Vítor Costa, disse que “Nova lei do alojamento local não tem condições para ser cumprida”;


    2ª feira

    • O Jornal de Negócios, mostra um mapa onde se pode ver a distribuição de alojamentos locais por freguesia, em Lisboa;
    • O Jornal Económico refere que o “Turismo na Madeira cai nas dormidas mas sobe nos proveitos”, citando números divulgados pela Direção Regional de Estatística, que diz que as dormidas em regime de Alojamento Local na região tiveram uma subida de 13,1%, um sector que já representa 14,8%;
    • Um artigoque fala da isenção relativa a contribuições pagas por trabalhadores independentes que aufiram rendimentos exclusivamente provenientes do Alojamento Local;


    3ª feira


    4ª feira

    • Dos Açores chega a notícia de que as unidades de Alojamento Local vão beneficiar de soluções tecnológicas de gestão graças a um protocolo celebrado entre a Altice Portugal e a Associação do Alojamento Local dos Açores;


    5ª feira

    • Leia as “Seis dicas para ter um alojamento local de sucesso” sugeridas pelo Jornal Económico;
    • É notíciaque o Airbnb se comprometeu a proceder, até ao final do ano, às alterações reclamadas pela Comissão Europeia no sentido de cumprir as regras relativas à defesa do consumidor;


    6ª feira

    • O Presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, diz que não alinha no “discurso populista” que tem vindo a acontecer a propósito do Alojamento Local, defendendo que se há zonas que é necessária contenção, outras há onde deve haver expansão.
  • O resumo da semana do Alojamento Local em Portugal (e não só) nas mais diversas publicações online. Para quem não tem tempo, mas quer manter-se atualizado sobre o tema.


    domingo

    • A Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP) divulgou números que dizem que o alojamento local registou um abrandamento no crescimento de número de registos, no primeiro trimestre, face ao ano anterior;
    • As novas regras do alojamento local não trouxeram mudanças relevantes na relação com os condomínios, segundo o diretor da empresa Loja do Condomínio, que aministra 6.800 condomínios em Portugal;
    • Ainda sobre as novas regras, duas perspetivas contráriassobre o seu impacto: a da Associação dos Inquilinos Lisbonenses e a da Associação Lisbonense de Proprietários;

     

    segunda-feira

    • Desde que a nova lei sobre alojamento local entrou em vigor, foram canceladosquase dois mil registos de alojamento local;


    terça-feira

    • Os números mais detalhados da quebra de novos registos de alojamento local no primeiro trimestre do ano, em Lisboa, por freguesia;


    sexta-feira

  •  

    2ª feira

    • A ALEP – Associação do Alojamento Local em Portugal recebeu uma medalha de prata na atribuição de medalhas de mérito turístico, uma iniciativa que o Governo retomou, após suspensão em 2012;
    • É notícia no Jornal Económico que o Porto ultrapassa Lisboa na subida de preços do Alojamento Local;


    5ª feira

    • Na abertura da IV Cimeira do Turismo Português, Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, vem defender a nova legislação sobre o Alojamento Local, afirmando que esta vai “resolver o reequilíbrio da cidade”;
    • O jornai i, no Dia Mundial do Turismo, fez uma reportagem sobre o sector, onde apresenta os números mais recentes e onde é destacado o papel do Alojamento Local no crescimento da actividade;


    6ª feira

    • Altino Bessa, vereador com o pelouro do turismo na Câmara Municipal de Braga, veio destacaro papel do Alojamento Local na melhoria da capacidade da cidade acolher turistas, tendo subido de uma única unidade em 2010, para 278 registadas atualmente.
  •  

    sábado

    • No 44º Congresso da APVT, o presidente da Associação de Alojamento Local em Portugal veio dizer que o Instituto Nacional de Estatística utiliza metodologias desatualizadas na avaliação dos números relativos ao turismo em Portugal;
    • Também no Congresso da APVT, o ex-secretário de estado do turismo, Adolfo Mesquita Nunes, disse que(..)não podemos, na mesma semana, acolher o Web Summit, dar uma canelada no alojamento local e ainda um puxão de orelhas à Uber (..)”;

    domingo

    • “Não podemos cair na ilusão de competir pelo preço” com Turquia, Egito e Tunísia, diz Vítor Neto, antigo secretário de Estado do Turismo entre 1997 e 2002, em entrevistaao Dinheiro Vivo;


    3ª feira

    • Reportagemsobre a Guest Ready, uma startup que pretende facilitar a vida a quem quer ter a sua casa numa plataforma de Alojamento Local;


    4ª feira

    • É aprovadano Parlamento a proposta para que os titulares de exploração de alojamentos locais sejam obrigados a ter um seguro de responsabilidade civil no valor de, pelo menos, 75 mil euros;


    6ª feira

    • Em mais um exemplo de como o Alojamento Local pode servir de dinamizador na recuperação de imóveis abandonados, a Câmara Municipal de Paredes anunciaque quer recuperar as escolas primárias desativadas para alojamento de turistas.
  •  

    sábado

    • Reportagemque mostra como o centro de Braga tem sofrido uma transformação com a reabilitação de edifícios, com o contributo do Alojamento Local;
    • O Expresso dizque, com as novas regras de contenção de Alojamento Local em Lisboa, 80% da oferta pode vir a caducar com a venda do imóvel;

     

    2ª feira

    • É notíciao lançamento de um livro que aborda o novo regime jurídico do Alojamento Local;


    3ª feira


    6ª feira

    • Um guiasobre recibos verdes que, entre outros temas, aborda também as questões relativas a empresários de Alojamento Local;
    • A DECO vem alertarque a nova lei do Alojamento Local obriga a ter um seguro que não existe em Portugal;
  • O resumo da semana do Alojamento Local em Portugal (e não só) nas mais diversas publicações online. Para quem não tem tempo, mas quer manter-se atualizado sobre o tema.


    sábado

    • As restrições impostas ao alojamento local em Lisboa não fizeram diminuir a procura de imóveis para compra;

     

    domingo

    • Em Guimarães começa a haver uma mudança de estratégia por parte de alguns investidores que começaram por apostar no alojamento local, mas viraram-se agora para a habitação;

     


    segunda-feira

    • O alojamento local também entrou na campanha eleitoral em Espanha. Conheçao que o PSOE, vencedor das eleições, prometeu em relação ao tema;
    • É notíciaque a antiga sede da STCP, no Porto, foi reabilitada para alojamento local de luxo;

     


    quarta-feira

    • Conheçaas 10 profissões ligadas ao turismo com emprego próximo dos 100%;

     


    quinta-feira

    • Saiba quais são as zonas mais rentáveis, em Lisboa e Porto, para investir num alojamento local;
    • Em Cascais, a taxa turística passou para o dobro, começando a ser cobrados 2€ por noite;
    • Conheçaa nova tendência de aluguer de apartamentos para jantares de grupo.
  •  

    2ª feira

    • Reportagem do Público que fala sobre o que está em causa na discussão na Assembleia da República para trazer alterações ao regime de Alojamento Local;

    3ª feira

    • Em reação às propostas de alteração à lei do Alojamento Local, várias entidades relacionadas com o turismo vieram tecer críticas, reforçando que a necessidade de aval por parte dos condóminos irá criar litígios;


    4ª feira


    6ª feira

    • É notícia a disputa entre os estudantes de uma república em Lisboa que ponderam ir para tribunal para impedir que a República do Santo Condestável seja transformada em Alojamento Local por intenção do proprietário, que se recusa a renovar o contrato de arrendamento.
  •  

    2ª feira

    • O Jornal de Notícias anuncia um abrandamento no crescimento de unidades de Alojamento Local no Porto, que em 2018 foi de 66%, em comparação com o crescimento de 106% em 2017;

    3ª feira


    4ª feira

    • Artigono Dinheiro Vivo que diz que “Comissões pagas às plataformas de AL também abatem no IRS”;


    6ª feira

    • A Câmara Municipal de Lisboa, até 15 de Janeiro, vai receber contribuições dos lisboetas que queiram opinar ou fazer sugestões para o Regulamento Municipal de Alojamento Local, a ser apresentado até ao fim do primeiro trimestre de 2019;
    • É notíciaque a Lei de Bases apresentada pelo PS na Assembleia da República, condiciona o Alojamento Local em prédios de habitação.
  •  

    sábado

    • Notíciasobre a oferta de alojamento durante a Web Summit, onde são discriminados os valores praticados tanto na hotelaria como no Alojamento Local; 

    2ª feira

    • É notíciaque a seguradora Mapfre e a AHRESP fizeram uma parceria para o Alojamento Local;


    3ª feira


    4ª feira

    • Em semana de Web Summit, a TSF faz uma reportagemsobre a maior plataforma portuguesa de Alojamento Local, que quer conquistar a Europa;


    5ª feira

    • É notíciaque o Alojamento Local assegura 52,4% das dormidas na baixa lisboeta;


    6ª feira

  • O resumo da semana do Alojamento Local em Portugal (e não só) nas mais diversas publicações online. Para quem não tem tempo, mas quer manter-se atualizado sobre o tema.


    segunda-feira

    • É notícia que a câmara de Gaia vai estudar formas de limitar o alojamento local no concelho; 

    terça-feira

    • As habitações em regime de alojamento local, com contratos superiores a 2 anos, irão poder beneficiar de redução da taxa de IRS;
    • O jornal Público noticiaque a ASAE tem apenas 8 inspetores para fiscalizarem a totalidade dos alojamentos locais em Portugal;


    quarta-feira

    • Num exercício de ficção, ficam os cálculos de quanto renderia à Rainha de Inglaterra o aluguer do Palácio de Buckingham no Airbnb;
    • Artigoque explica as obrigações legais no registo de um alojamento local;


    quinta-feira


    sexta-feira

  • O resumo da semana do Alojamento Local em Portugal (e não só) nas mais diversas publicações online. Para quem não tem tempo, mas quer manter-se atualizado sobre o tema.


    segunda-feira

    • Sobre a entrega do IRS, artigoque aborda as deduções das comissões pagas às plataformas de reserva;
    • Artigo de opinião que aborda as novas regras do alojamento local na perspetiva imobiliária;

     

    terça-feira

    • É apresentado o resultado de um estudosobre alojamento local no Porto;
    • Na sequência da apresentação do estudo, Rui Moreira mostra-se disposto a limitar o alojamento local no centro do Porto;

     


    quarta-feira

    • É reveladoque os novos registos de alojamento local no Porto, no primeiro trimestre do ano, cairam 40% face ao mesmo período do ano anterior;

     


    quinta-feira

    • A Câmara de Lisboa fechou o hostel aberto no edifício do antigo Clube dos Empresários, por falta de autorização para as obras realizadas;
    • O novo serviço para denúncia de alojamentos locais ilegais, criado pela junta de Santa Maria Maior, em Lisboa, já identificou"uma dúzia" de casos de potencial infração;
    • Foi aprovadopela Câmara de Lisboa o Regulamento Municipal de Alojamento Local que estabelece áreas de contenção para novos registos.
  •  

    2ª feira

    • Num artigo do Jornal Económico, Madalena Perdigão, associada coordenadora da área de Turismo & Lazer da CCA Ontier, realça o papel do Alojamento Local no investimento que surge no interior do país. Os incentivos fiscais tornam aliciante esta opção de negócio e há cada vez mais clientes individuais a aventurarem-se no sector;

    3ª feira

    • O que é que o Alojamento Local tem a ver com um arraial de sardinhas? O Jornal Económico começou por dizer que tinha sido o AL o responsável pelo cancelamento de um arraial no bairro do Castelo, mas afinal parece que não era bem assim. Perceba porquê aqui;


    4ª feira


    5ª feira

    • O Presidente da Câmara do Porto vem-se mostrar contra as medidas anunciadas para regular o Alojamento Local, classificando-as como sendo “medidas punitivas e diabolizadoras do alojamento local”;
    • Anunciados os vencedores do galardão Green Key, que distingue os estabelecimentos turísticos que implementam boas práticas ambientais e sociais. A cerimónia teve lugar nesta quinta-feira e foram diversos os Alojamentos Locais distinguidos. Conheça aquios premiados;


    6ª feira

  • O resumo da semana do Alojamento Local em Portugal (e não só) nas mais diversas publicações online. Para quem não tem tempo, mas quer manter-se atualizado sobre o tema.


    sábado

    • Artigoda revista Sábado (disponível na íntegra para assinantes) que aborda a reconversão de antigas lojas em casas, a maioria das quais para alojamento local;
    • Até entrada do novo regulamento para alojamento local, a Câmara de Lisboa prolonga a suspensão de novos alojamentos locais;
    • Também em Lisboa, as freguesias da Graça e da Colina de Santana irão passar a ter restrições no alojamento local;
    • A Associação de Turismo de Lisboa divulgoudados de um estudo que concluiu que o turismo na região de Lisboa gerou mais de 13,7 mil milhões de euros de receitas em 2017; 

    segunda-feira

    • A Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, criou uma linha telefónica para denunciar alojamentos locais ilegais;
    • Com vista a evitar as burlas, a Deco dá conselhos para quem vai arrendar casa para as férias;


    terça-feira


    quarta-feira

    • É notíciaque a GuestReady adquiriu a BnbLord, tornando-se a maior empresa de gestão de alojamento local na Europa;


    sexta-feira

    • A Câmara Municipal de Lisboa avançaque os novos alojamentos locais em áreas de contenção irão ter licença com validade de cinco anos;
    • Nos Açores, no I Encontro Regional de Turismo, o Alojamento Local é referido como uma fonte de rendimento direto para as famílias açorianas, com receitas próximas de 15 milhões de euros em 2018.
  •  

    sábado

    • Reportagemsobre uma aldeia, em São Pedro do Sul, onde o Alojamento Local é bem-vindo;

    2ª feira


    3ª feira

    • A aproximar-se o final do ano, a plataforma Airbnb anunciou aqueles que são os melhores destinos de 2019, uma lista feita com base nos comentários e desejos dos utilizadores mais assíduos da plataforma ;


    4ª feira

    • Dia marcado pelo debate no Parlamento sobre as alterações à lei do Alojamento Local;
    • Artigoque aborda o novo regime dos trabalhadores independentes em matéria de isenção para a segurança social e que pode interessar a quem é proprietário de Alojamento Local;


    5ª feira

    • É notíciaa aquisição de uma empresa portuense de gestão de mais de 50 unidades de Alojamento Local pela empresa britânica Guest Ready;