19-05-2019

A Alojamento Local | NEWS

Bookdirect..., uma preocupação ou direção?

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Seja para gestores de Alojamento Local ou para a hotelaria tradicional, as preocupações são evidentes com a imposição, controle e quase monopólio dos canais intermediários de reservas, as OTA ( plataformas de reserva online ). Em Portugal aparentemente não se fala, mas entre os profissionais sim, está a ser tema de preocupação. A distribuição estratégica, procurando o "Bookdirect", é um dos tópicos mais atuais no setor de reservas de férias com busca por alternativas. Também os profissionais de Alojamento Local estão preocupados e é um problema crescente que afeta também os turistas. 


À medida que aumenta a velocidade e complexidade da tecnologia dos OTA ( plataformas de reserva online ), mudam as suas políticas e por exemplo os gestores de propriedades de férias entram numa encruzilhada no que respeita às suas estratégias de distribuição.

Há um movimento crescente de desconforto com as OTA, tanto na Europa como nos EUA, por aumento constante das taxas cobradas nas comissões, seja ao AL ou Hotel, mas também aos turistas, em alguns casos chegando estes a pagar 12% de comissão numa reserva, enquanto o gestor da unidade de alojamento paga 3% ou 5% na mesma reserva. As comissões podem ainda incidir sobre as transações monetárias ou mesmo sobre as taxas de limpeza. 

Igualmente por imposição de políticas que limitam a liberdade de escolha e gestão, os gestores de AL estão a decidir encontrar formas de serem mais independentes destes OTAs e compartilham as suas perspectivas no #BookDirect Guest Education Day.

Sabia da existência desta iniciativa?

O evento, que é realizado anualmente, teve a sua segunda edição a 6 de fevereiro 2019. Muito por via de iniciativa da publicação VRM intel e com a alta procura de alojamento em casas de férias ( Alojamento Local ) a nível mundial, os gestores e proprietários uniram forças para neste dia transmitir uma mensagem aos  viajantes que reservam casas e apartamentos de férias, para que saibam as vantagens de reservar diretamente com as empresas gestoras ou com os gestores / proprietários.

Leia as perspectivas de gestores e proprietários fora de Portugal, sobre esta mudança:

Alex Breaux, gerente da Sun Realty, uma das maiores redes de administração de propriedades nos Outer Banks em Carolina do Norte.

“Mantivemos a independência dos OTAs através de uma combinação de forte reconhecimento da marca, um plano de marketing anual e de multicanal e investimento para manter a conscientização, um compromisso com a excelência em hospitalidade para fidelizar e repetir hóspedes - e, é claro, uma prioridade de suporte e serviço, pois esses relacionamentos são fundamentais. Não há segredos. Nós apenas nunca cedemos e nunca renunciamos à nossa independência. Fico feliz por termos tomado as decisões que tomamos. Nós temos zero barreiras em nosso processo de reserva ou nossa comunicação com os hóspedes. O benefício é um relacionamento direto que constrói aquela relação duradoura que todos nós queremos com nossos hóspedes ”

Michelle Hodges, presidente da SH Enterprises, a empresa controladora da Meyer Vacation Rentals.

“Nós chegamos à conclusão de que não queríamos ser vítimas de um pensamento de curto prazo. Nós realmente queríamos saber para onde estávamos a ir, e estar ciente das decisões que estamos a tomar e de como chegaremos lá”

Christina Casas (fundadora e CEO) e Natalie Blinder (vice-presidente) da Exceptional Stays, empresa que gere 127 propriedades de luxo com sede em Telluride, Colorado, bem como no México, República Dominicana, Marrocos, Suíça e Espanha.

"A independência dos OTAs é essencial para a nossa estratégia de negócios", disse Christina Casas. “Decidimos há muito tempo que tínhamos uma escolha a fazer: usar o OTA ou usar esse dinheiro para fazer nosso próprio marketing e divulgação ao cliente. Acreditamos que temos uma vantagem por causa de nossa equipe, que tem sólida experiência em marketing digital e vendas, e o ROI de nossos esforços de marketing supera o ROI de confiar em terceiros para fazer nossas reservas”.

Claire Reiswerg, proprietária da Sand ‘N Sea Properties em Galveston, Texas.

“Nosso modelo de negócios tem economizado quantias incalculáveis de dores de cabeça, tecnologias e políticas e, é claro, nos poupou muito dinheiro. Isso também nos tornou melhores em nosso trabalho principal: manter os hóspedes felizes e com desejo de voltar ao Sand 'N Sea”.

Fontes:

https://www.vrmintel.com/event/bookdirect-guest-education-day Acesso em 05/02/2019.

https://www.vrmintel.com/property-managers-discuss-their-ota-distribution-strategies Acesso em 05/02/2019.

 

zibilocal 2